"O Adepto" (BlogConf Remix) - final

16.09.09

Aqui fica  o Remix final d' "O Adepto" by José Socrates.

 

 

 

Feito para o Linux 2009TEDx.

publicado por Tintim às 22:15editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 10:50

José Sócrates responde aos Pinguins Mágicos

29.07.09

No espírito web 2.0, pegando no post do Darklord, uns comentários:

A minha pergunta foi fraca, pelo menos, a ver pela resposta. A pergunta  tentou integrar várias ideias que tinham sido lançadas na reunião técnica da CM.

Em resumo, o que podemos esperar na nova legislatura: uma política de cerimónias e protocolos assinados por 8 ministros ou uma aposta em tecnologia e modelos de Software Livre / Aberto que são a base tecnólogica de empresas como Google e Twitter e que proporcionam às nossas PMEs maior capacidade competitiva e à nossa AP maior independência?

Não falei de standards porque a pergunta anterior do Paulo Querido já remetia para tal.

Após 10 minutos, tentei "trazer" o entrevistado para o tema com uma segunda pergunta:

Reconhece então que existe vida para além dos protocolos?


1.- Eu acho que a resposta foi uma má resposta. [Leia também o ponto 5]

Não por não ter dito o que eu queria ouvir mas por ter dito aquilo que ninguém queria ouvir.

José Sócrates utilizou a pergunta para falar do e-escolas, do milionésimo computador, da banda larga, RNG, etc... e não para falar dos pontos positivos que ele, como primeiro ministro,encontra em software livre e open standards.

2.- José Sócrates domina mal os dossiers TIC. [Leia também o ponto 5]

Isso é gritante quando comparado com o seu conhecimento de eólicas, ensino profissional e outros temas que o entusiasmam.

Pode-se dizer que ele é candidato a PM e, como tal, não tem de saber as questões técnicas.

Os bons estadistas estudam os dossiers e ele até tem essa fama.

Não tem de saber a diferença entre licença GPL e BSD mas tem de saber o que é creative commons ou  que licenças livres permitem a liberdade de modificar, copiar e distribuir.

E como isso pode contribuir para o aumento de competitividade da nossa indústria de tecnologias.

3.- Alguns dos dossiers interessantes para o sector das TIC são:

- Software Livre / Aberto: o que é, boas práticas, referências internacionais, modelo económico, desvantagens

- Open Contents: licenciamente creative commons, crowd sourcing,...

- Interoperabilidade e open standards: como a AP se deve relacionar documentalmente entre ela e com o cidadão.

- Segurança na rede: questões levandas pertinenemente pelo Tito Morais

- Open Data no governo: ver http://www.data.gov/ e post do Celso Martinho

Mas serão estas tendências importantes para o cidadão? Para o país?

Se percebo a visão do PM, existe uma cadeia de acção-reacção muito simples:

mundo em rede -> economia global -> competências cidadão -> desenvolvimento do país

Que competências? Inglês (ensino básico) e à-vontade com as tecnologias (magalhães e e-escolas).

O modelo proprietário alimenta a máquina pesada, industrial e instalada.

O modelo open source é o combustível da mudança.

Se não, veja-se.

A Critical Software (que parece ser a uníca empresa de TIC em portugal tal o numero de citações do PM) e a iPortalmais desenvolvem software e exportam. A sua grande aposta é uma caixa (EdgeBox e Ipbrick) onde os componentes base de software são todos open source.

A Altitude vende software proprietário mas é num IPBX Asterisk que consegue diferenciar-se face aos players multinacionais.

O OLPC foi o pioneiro dos e-escolinhas e o Sugar é open source.

O Magalhães tem dois sistemas operativos (Linux Caixa Mágica e Windows) mas perguntem a uma criança se prefere o Live Skydrive ou o SuperTux? A resposta: Sky quê?

As escolas estão a apostar como nunca em software de LMS (learning management system) como nunca e perguntem-lhes: Moodle ou Sharepointer? Share quê?

É preciso que um candidato a PM perceba que o Software Livre / Aberto não é pertença de ninguém. Não é dinamizado por assinar protocolos com Novell, Caixa Mágica ou Iportalmais. É dinamizado ao criar as condições para que o ecosistema de developers, empresas, associações e - importantissimo - administração pública tirem dele o melhor partido e o utilizem para se impor neste mundo global.

José Sócrates podia estar sozinho mas não está. Ele tem pessoas que o podem apoiar de forma competente. Carlos Zorrinho, Rui Grilo e Jorge Seguro estavam na mesa e complementam-se nas áreas acima. Ele só lhes precisa de fazer as perguntas certas.

4.- O que se passa com o PSD?

O PS tem pedido contributos, dinamizado eventos e promovido a discussão mesmo entre pessoas fora da sua esfera natural de influência.

O PSD já foi assim e lembro-me em concreto do Diogo Vasconcelos dinamizar estes contactos com a sociedade.

Neste momento e com o que tenho falado com algumas pessoas, acredito  que até às eleições será o BE e PCP (com o Bruno Dias, claro) que marcarão o ritmo dos dossiers na oposição do que o PSD. E é pena não serem todos.

5.- Apesar do que disse no ponto 1, a minha opinião global de José Sócrates no BlogConf é positiva.

Não sei se se metarfoseou de animal em algo mais calmo.

Sei que aceitou o repto.

Sei que na pergunta sobre autismo respondeu como alguém "de bem" deve responder.

Sei que mostrou paixão pelo que faz e, pelo menos naquele momento, respeito pelas opiniões e irreverência de quem não concorda com as suas ideias.

Sei que durante 3 horas e meia não se esquivou à discussão, quase que diria "tertúlia", com outros compromissos agendados e pareceu de toda a sala o mais interessado e fresco para continuar. Não sei que jogging é que ele faz, "mas para mim, é o mesmo".

Claro, não podemos em 3 horas inferir todo um percurso político. Claro, podemos  defender outra via para Portugal e votar noutro partido. Mas não podemos dizer que não esteve à altura.

6.-Webcast

Errar é humano.

A não transmissão do Webcast vale pelo incapacidade de ser frontal quando se deve ser.

Os cidadãos hoje votam pela autenticidade e frontalidade.

É um fait-divers mas também de fait-divers se faz o mundo.

7.- Organização

Em 2000, quando a Caixa Mágica ganhou o prémio Milénio, fomos entrevistados por um jornalista para uma chamada de capa e 2 páginas no caderno principal.

Esse jornalista conhecia a nossa linguagem. Conhecia o assunto. E tentou apanhar diferentes angulos e potencialidades de uma coisa que não existia.

Na altura parecia-me natural que assim fosse. Passados 9 anos o que aconteceu é uma excepção a nível de jornalismo (tecnológico ou não) em Portugal.

Passados uns meses, em conversa com a Mónica Balsemão, ela disse-me quando souberam qual o projecto que tinha ganho tinham decidido escolher, não como era prevísivel um jornalista do 1º caderno, mas o Paulo Querido.

E lembro-me que o Paulo Querido disse que não gostava de fretes (entenda-se entrevistar "putos" e fazer publicidade a uma iniciativa do semanário) mas isto era a oportunidade de trazer o assunto para o 1º caderno. Era oportunidade de chamar a atenção.

A BlogConf foi a oportunidade do Paulo Querido trazer não 1, mas 20 assuntos para a 1ª página. E dos importantes.

publicado por DarkLord às 18:13editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 10:52

Impressões on-line da BlogConf...

27.07.09

 

Para não metralhar o twitter vou actualizando aqui:

 

  • [21:22] PM agradece e diz que ficou com boa ideia da blogoesfera. A minha mulher fica com má ideia. São 21:22.
  • [21:14 21:17 21:20] Encerramento. Ou quase Blogguer suplente  faz ultima questão.
  • [20:43] Ultima questão: huuum... é das densas... nesta fase do campeonato o poder de síntese do twitter deve ser utilizado...
  • [20:28] TMR coloca questões relacionadas com numeros. Ao fim de quase 3 horas confesso que a questão me soa "árida".
  • [20:14] Jugular coloca questão sobre recibos verdes. PM responde que a questão
  • [20:02] PM defende direita bloguista. Na verdade, não é preciso haver sempre "sangue". Pode discutir-se ideias sem ser desagradável ou mal educado. É claro que o tom dos blogs exagerado é para dar "cor" à leitura. Quem tivesse expectativas de ter o mesmo tipo de tons no #BlogConf felizmente não as concretizou.
  • [20:01] A trocar twitts com @carloszorrinho e mantenho: o PM sai-se bem nas partes tecnológicas porque tem trabalho feito mas devia dominar maos os dossiers: Software Livre / Aberto, Segurança na Net,standards, interoperabilidade e opengov. Churchill e Obama trabalhavam / trabalham horas (ok, em alguns casos na banheira) a preparar-se... IMHO, não deve ser um generalista e, na verdade, nas áreas de energia, IDE e ensino vê-se que domina totalmente.
  • [20:00] Bem visto: os blogs de direita estiveram muito suaves.
  • [19:51] Babado. Tito de Morais aconselha a ler o artigo "Nota ao Presidente Obama: quer endireitar as escolas? Olhe para Portugal... dentro de 12 meses." É um elogio vindo de quem vem.
  • [19:41] Tito de Morais: "vim do Porto, esta é a questão mais cara que já fiz". A questão: "está a pensar-se na questão da segurança?"  Questão técnica = PM a dar voltas...  Não se está a safar bem. Algumas banalidades. A melhorar quando fala que os erros só ocorrem os que fazem. Começa a ganhar folgo e acaba bem: muitos problemas serão resolvidos à medida que a tecnologia for ganhando espaço no terreno. Tito aperta: que iniciativas?
  • [19:33] zzz... a falar de co-incineração e questões ambientais...zzz...5 minutos completamente desligado.... zzz... shame on me....
  • [19:27] Questão energética: aposta que o PM não se fica por menos de 20 minutos.
  • [19:23] PM: Eu sei o que é fazer politica sem dinheiro. Testemunho na área em que era ministro do Ambiente. A proposito, Freeport ainda não apareceu. O que diga-se que é digno mas simultaneamente um certo medo de Jose Socrates "animal".
  • [19:20] PM: "voces pensam que é fácil mas imaginem-se estar numa mesa a dizer a todos os ministros que os seus orçamentos vão diminuir e que um vai aumentar, o da Ciência." Não sei o resultado para investigadores do INESC Porto 6ª feira disseram-me que o programa da contratação de doutorados e as fundações vai dar um abanão grande na área. Força, Fundação ISCTE-IUL  :-)
  • [19:16] Voltámos à cultura: o que os agentes de cultura podem esperar? 0.5%, 1% do  PIB? E vai ser levado a cabo pelo actual ministro da cultura?
  • [19:15] Todos começam por declaração de interesses. Parece-me bem.
  • [19:14] A contar a história do poeta português que referiu que o PM, Barroso e Lula a fazer todos em português numa cimeira UE-America Latina é levar a lingua para a politica. Estas histórias  saiem-lhe naturalmente bem ao contrário da sua parte "animal" de agressividade qd não gosta do tema.
  • [19:09] A entrar na 2ª metade. A começar com o blog "Politiqueiro",
  • [19:08] PM: Não coloco a questão de não ganhar...
  • [19:00] Simplex [guarda pretoriana do PS]: a aposta na Cultura vai aumentar? PM: vamos fazer na proxima legislatura com a cultura, o que fizemos nesta com a Ciencia.
  • [18:54] João Gonçalves: sou adepto do Salazar. Isto ainda vai animar...
  • [18:45] Pergunta: o que o PM tem a dizer ao centro que votaram em si em 2005 e o que nos pode dizer  para tornar a votar em si? PM: "estes 4 ultimos anos falam por mim..."  Acho que é isso que quem fez a questão temia. Ainda PM: "não temos complexos de esquerda", "sempre fui da esquerda moderada, socialismo democrático.." Ok.. aqui fugiu ao politicamente correcto... quem gosta, gosta.
  • [18:41] Paulo Querido bem tenta tornar o 1º ministro e bloggers + sintético...
  • [18:35] Piada do PM: "sobre isso tenho um discurso de 1 m, 5 min. e 1 hora."A propósito de cursos profissionais. Este tipo de temas é onde ele se torna "boring". Não que não seja um tema interessante mas IMHO está demasiado batido. Queremos tema Software Livre, Desemprego e Casamento de pessoas do mesmo sexo de volta!
  • [18:34] PM diz que estão a estudar a questão da doação do sangue por homosexuais e diz que é importante de mais para passar sem referência
  • [18:32] PM diz para não acreditar tudo o que lê no Publico...
  • [...] "Moi" pergunta sobre perspectivas na proxima legislatura sobre Sofrware Livre / Aberto. Vou escrever um post mais denso sobre isto. A ideia teve origem num brainstorming da equipa técnica da CM (autores do blog) hoje às 13:00.
  • [...] Pergunta do Paulo Querido sobre OpenGov.  Pareceu-me que em linha com datagov e post do Celso.

 

Antes de resumir a intervenção alguns bitaites avulsos :

 

  • Kudos ao Paulo Querido (que fez a ponte com a dele) fiz a primeira pergunta. Tive de me levantar pq estava numa mesa de lado. Fiquei 5 minutos de pé, a ouvir o PM a responder-me. A descrição dos nossos avós sobre os exames da 4ª classe do tempo deles veio-me à cabeça.
  • A dinâmica é saudável. Há blogs de alinhados mas também há desalinhados. A organização está de parabéns...
  • O PM está em forma. Há momentos em que torna-se um pouco aborrecido quando começa a falar dos feitos do governo. Tb é simpático dirigir-se a toda a gente pelo seu nome mas  à 10ª soa "plastificado". Melhor quando faz citações e conta histórias. Aí releva um certo brilho nos olhos.
  • Também esteve bem na resposta do autismo: sensível e sem fazer política.
  • Pessoalmente, não gosto do tom de combate de político que por vezes lhe assola. É muito aparelho partidário e pouco estadista...
  • A Jonas apareceu por cá e de facto os Blogs SAPO estão mt bem representados.. o acompanhamento faz diferença...
  • A transmissão acho que pode ser visto on-line. Mas o código para a embeber incluí:
     standby="Loading Microsoft Windows Media Player components..."

E os blogs SAPO paracem não gostar muito do código...

 

 

publicado por Tintim às 18:05editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 10:55

Android Apps

apps
Aptoide Repository QR Code
apps QR Code

pesquisar

 

comentários recentes

  • Boa noite, o Caixa Mágica 20 funciona nos process...
  • Boa tarde.Quando fazemos o registo aquando do down...
  • Á partida não, quem quiser pode instalar facilment...
  • Adorei o novo Linux Caixa Mágica está muito difere...
  • Que bacana seu blog! Gostei bastante!Se quiser dic...
  • Instalei, mas a entrada e partições dos discos, nã...
  • O software do cartão do cidadão está disponível na...
  • Foi uma apresentação bastante interessante.
  • bom dia thanx. isto é muit excelente.. aquela pub...
  • Parabéns pelo excelente trabalho que têm desenvolv...

mais comentados