English Version

 

 

A Caixa Mágica aproveita a data de 1.1.11 para apresentar o anúncio de uma das maiores mudanças a que se propôs desde a sua criação:

A próxima versão da sua distribuição de Linux - a Caixa Mágica 16, prevista para Abril de 2011 - terá uma base Debian partilhando pacotes com Ubuntu e Mint

Apesar do relacionamento próximo e profícuo que existe com a Mandriva desde 2007, existem vários factores que nos levaram a essa decisão.
Em primeiro lugar, temos a consciência que chegámos até aqui ouvindo os nossos utilizadores e clientes e não será agora que o deixarmos de o fazer. A mensagem que nos têm transmitindo é que gostariam de ter a base de suporte e comunidade da Caixa Mágica mas sobre uma base Debian, partilhando tecnologia com outras distribuições derivadas de Debian, como Ubuntu ou Mint.
Em segundo lugar, grande parte da tecnologia que temos vindo a desenvolver na distribuição e em projectos europeus de investigação está muito próxima de Debian. Com efeito, tem sido forte a aposta no APT como meta-instalador e ambicionamos partilhar esses desenvolvimentos com outras distribuições.
Finalmente, os projectos europeus de I & D que temos estado envolvidos permitiram-nos conhecer elementos da equipa de Debian que nos inspiraram e com quem fomos estabelecendo pontes.
Continuaremos a trabalhar com a Mandriva e a dar suporte aos produtos instalados, e em particular a CM 12, CM 14 e CM 15, com o mesmo profissionalismo que temos vindo a fazer.

Esta mudança insere-se na estratégia e objectivos traçados para os próximos 5 anos.
Se desde 2000, a Caixa Mágica se tem afirmado de forma ímpar no panorama português Open Source, seja como distribuição de Linux, I & D ou consultoria, acreditamos ter chegado ao momento de ao mesmo tempo que consolidamos a nossa posição no mercado nacional mas passar também a endereçar o mercado internacional.
Para esse efeito, apostaremos em manter a comunidade e apostar em ser um player global com especial incidência em quatro áreas principais do mundo Linux:


networking / mobile: fornecendo o melhor suporte de rede a nível de distribuições de Linux, beneficiando do esforço conjunto do projecto europeu ULOOP, e afirmando-nos como player na plataforma Android (através de apostas globais como o Aptoide / Bazaar)
meta-instaladores: continuando a desenvolver o APT e integrando o suporte para rollback e solving em soluções empresariais como as que perseguimos com os parceiros do projecto europeu projecto Timbus.
green computing: porque acreditamos que o Linux tem de estar preparado para os desafios energéticos que se nos colocarão (poupança de energia, virtualização,...)
consultoria open source em grandes projectos com vertente internacional: continuaremos a afirmar-nos como os parceiros para projectos ambiciosos com tecnologia open source, com um foco da produtização e aposta no mercado global. Eventualmente, subindo na cadeia e apresentando soluções aplicacionais open source para médias empresas mas sempre com focos concretos e apostas específicas

De 1 de Janeiro de 2011 a 31 de Dezembro de 2015, poderão contar com o nosso empenho, dia a dia, hora a hora, na concretização da visão que acima foi apresentada. Podem contar com aquilo que nos caracterizou nos últimos 10 anos:

Linux e Open Source inteligente. Logo, eficaz.



Bom ano de 2011 para todos os utilizadores de Caixa Mágica. Bom Linux.

publicado por Tintim às 00:01