No passado dia 27 de Abril fez-se uma pequena apresentação sobre medir dados e complexidades.

 

O tempo de latência médio de um sistema é informação suficiente? E saber os picos? E onde se concentram 75% dos tempos? E saber qual a componente que mais está a afectar o funcionamento de um sistema e como dar-lhe mais ou menos peso?

 

Os slides são bastante espartanos mas esperemos que despertem a curiosidade para puxar da fita métrica e começar a medir o vosso sistema para ainda um melhor tuning.

 

Pelo caminho, um cheirinho de complexidade...

publicado por phantas às 17:58editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 11:02