Caixa Mágica 12 - Release Candidate 1 disponível para download

30.11.07
AVISO - Software em versão não final. Não se recomenda a sua instalação em máquinas com dados críticos.

Descarregar de:
ftp://ftp.caixamagica.pt/12/iso

Notas iniciais

Esta nova versão da Caixa Mágica tem uma base totalmente nova, baseada em Mandriva 2008. Assim, tanto a nível de instaladores, como configuradores e na utilização do sistema haverá uma alteração bastante grande em relação a versões anteriores.

Esta versão tem assim muitas mais opções a nível de instalação e configuração, suportando um muito maior número de dispositivos de hardware. Se a sua placa gráfica tiver suporte 3D em Linux pode usar o centro de controlo para activar os efeitos 3D (compiz-fusion) de uma forma muito fácil.

Problemas conhecidos:

  • Não é possível (nem será na versão final) fazer a actualização a partir de uma Caixa Mágica 11 devido à mudança de base tecnológica. Assim somente novas instalações são suportadas;
  • As artes gráficas ainda são temporárias e serão alteradas na versão final;
  • Não estão ainda definidos os operadores de internet portugueses, pelo que nas configurações de modems têm de se colocar os dados manualmente;
  • Outras distribuições de linux não são detectadas e não é colocada uma entrada no gestor de arranque para elas;
  • O DVD não está automaticamente adicionado como repositório no "Synaptic", é preciso marcar à mão os repositórios do tipo "file:///" que já lá estão, garantir que o DVD está montado e no ecrã principal carregar em "Recarregar";
  • Os repositório remotos (ftp e http) ainda não estão disponíveis;
  • Não suporta ainda a leitura de DVD's cifrados (CSS) e a leitura de vídeos em codecs não livres;
  • O sistema de instalação de pacotes Mandriva ainda aparece no centro de controlo mas não funciona (usem o synaptic);
  • Outros...

 

Objectivos

O objectivo deste lançamento é ter a ajuda da comunidade para detectar problemas, bem como adicionar funcionalidades à versão final. Assim pedimos a colaboração de todos para que insiram tickets de problemas/pedidos em:
http://contribsoft.caixamagica.pt/trac/newticket
Antes de colocar um ticket verifiquem por favor se não existe já algum equivalente em:
http://contribsoft.caixamagica.pt/trac/report/1
Se for esse o caso adicionem um comentário a esse em vez de criar um novo ticket.

Desde já agradecemos a todos os utilizadores que colaborem para tornar a Caixa Mágica na melhor distribuição de Linux do mundo.

Gravar o DVD

Se pretender queimar um CD com a Caixa Mágica 12 deve descarregar o ficheiro com a extensão ".iso".
Para verificar a integridade do ficheiro que descarregou pode utilizar uma "assinatura hash" MD5 para comparação.

Assim, e em Linux, execute numa consola o comando:
md5sum nome_da_iso.iso

Em Windows pode fazer download de um utilitário gratuito que gera uma hash md5 de um ficheiro a partir de:
http://digestit.kennethballard.com
Após instalar este programa, fica com um menu de contexto adicional, que pode usar para calcular o "hash" de qualquer ficheiro. Para isso clique com o botão direito do rato sobre o ficheiro (por exemplo a iso da Caixa Mágica 12) que se descarregou para o PC e escolhe-se: "digestIT 2004 -> Calculate MD5 Hash"... e espera-se algum tempo até aparecer uma janela com o valor do "hash".

O resultado destes comandos deve ser equivalente ao que está no ficheiro "nome_da_iso.md5", se não for, então a imagem que descarregou está corrompida e terá que a descarregar novamente.

Se a imagem estiver correcta pode gravá-la para um DVD, escolhendo a opção "Gravar DVD a partir de uma imagem ISO" do seu programa de gravação, e não gravar o ficheiro ISO directamente para o DVD.


Atentamente,
A equipa Caixa Mágica

publicado por DarkLord às 14:36

Linux no Desktop corporativo a dobrar a década

27.11.07


Com o mercado servidor estabilizado em termos de penetração Linux / Windows / outros, o mercado desktop de sistemas operativos pode começar a aquecer. Mas não por onde se pensa...

Aliás, quem em 2000 previu que o Linux
ia tomar de assalto os desktops domésticos, enganou-se redondamente.

Este é um mercado que a Microsoft blindou à custa da permissão de utilização ilegal, bloqueio à oferta de soluções de hardware com Linux OEM e a falta de suporte do mesmo a placas, modems e impressoras conseguido através de alguma pressão nos fabricantes.

Mesmo no high end de estações de trabalho para developers / IT staff, o MacOS X tem ganho popularidade e sido a escolha de quem gosta de um sistema UNIX mas não está para perder muito tempo a configurar periféricos, ligações WiFi, etc...

Em resumo, o problema é não haver drivers para alguns dispositivos e algumas aplicações não poderem ser executadas em Linux.

Se analisarmos os dois problemas vemos que são
problemas do Linux mas externos ao Linux.

No primeiro caso, a dependência é dos hardware vendors e, no caso das aplicações, depende-se dos ISVs e grandes software houses.

Mas quem preveja que o Linux possa conquistar parte do desktop corporativo até 2010 talvez não esteja tão enganado.
Um survey da Linux Foundation apresenta as preferências e problemas dos utilizadores actuais do Desktop Linux. Apesar da grande maioria dos utilizadores reportar utilizações SOHO ou SME, existem 9.7% em organizações de 101 a 500 desktops e 6.2% em organizações de 1001 a 5000 desktops.
Este é um mercado de elevado potencial a curto prazo porque as economias em licenciamento podem ser investidas no suporte a periféricos e Webização das aplicações. Já agora falamos de 200 a 230 euros / ano por desktop de licenciamento Microsoft em organizações com Enterprise / Select em classe B, C ou D (grandes empresas, multinacionais,...).
Esta mudança tem um contexto óptimo para ocorrer:
  • Migração apenas parcial de 20% a 60% do parque de desktops. Os desktops que custam (AutoCad, Excel para financeiros,...) deixar para a Microsoft mas aí sem acordo select e com aquisição OEM de licenças. Migrar apenas os computadores de quem utiliza Mail, Office e/ou aplicações internas. Numa parte desses, eventualmente deixar o Windows mas migrar a produtividade (OpenOffice e Internet).
  • Ter 1 a 2 anos para iniciar a migração antes da renovação do contrato com a Microsoft.
  • Ter as contas feitas à mudança para o Vista. Quanto custará em hardware e tempo de suporte? Os apenas 2% de penetração actual do Vista são reveladores....
E tem algumas características-chave:
  • Haver um sponsor interno com visão para detectar a poupança e capacidade de mobilização dos decisores.
  • Gestão cuidadosa da comunicação. Não comunicar para o exterior a mudança para evitar os fait-divers e pressões em que Microsoft é tão pródiga. Ter uma excelente comunicação interna com os utilizadores. Mobilizá-los.
  • Equipa  de IT do lado da mudança e, de preferência, com competências em Unix / Linux.
  • Apoio externo ao processo. (Sim, isto é uma oportunidade de negócio.)
A coisa é especialmente facilitada se:
  • Não estiver a ser utilizada em larga escala Exchange com agendas / calendários partilhados.
  • Se para todas as aplicações adquiridas / desenvolvidas internamente se verificar que são multi-plataforma e correm tanto em IE como em Firefox. O custo no desenvolvimento é de 1% a 5%. O custo de migração posterior pode ser de 50% a 70%.
Se o Linux conquistar uma parte do mercado desktop corporativo, isto terá a consequência colateral de melhorar o suporte de hardware e software por pressão dos clientes e, numa segunda fase, um impacto positivo no mercado doméstico. Mas isso já na próxima década...

E o 1º Sapo CodeBits acabou...

16.11.07

Somando tudo acho que foi um sucesso....

Montes e montes de geeks todos juntos num armazém com montes de junk-food, montes de puffs, montes de computadores, montes de.... sei lá... só podia ser um sucesso ;-)

O espaço era de facto muito agradável, com 3 pisos, bem decorado, limpo, com espaço para toda a gente...

A Caixa Mágica fez uma apresentação sobre como construir RPM's (feita por mim próprio e cujo link irei brevemente colocar aqui)...

Apresentámos um projecto ( lá obrigámos o Rui a ir ao palco ;-)  ) em que criámos 3 webservices (php+json) para acesso ao dicionário de sinónimos português (http://openthesaurus.caixamagica.pt). Basicamente um deles permite através de uma aplicação standalone adicionar novos sinónimos, o outro permite que os anúncios do sapo associados a uma determinada pesquisa mostrem também anúncios associados aos sinónimos da pesquisa (melhorando consideravelmente os resultados dos anúncios), e o último permite que ao fazer uma pesquisa no sapo sejam dadas como opções pesquisar também os sinónimos... faltou implementar completamente a pesquisa tipo "sin:carro" no campo de pesquisa do sapo para devolver os sinónimos directamente.... não ganhámos nada mas foi muito interessante.

Gostei de ver que a utilização de Linux entre os geeks está excelente (isto porque apesar dos MAC's estarem em clara maioria, pareceu-me que havia mais gente a usar Linux do que Windows...)

Conseguimos que o Mário Valente nos emprestasse um kit do cartão do cidadão para testarmos na Caixa Mágica (cartão + leitor)...

E quem ganhou prémios teve a excelente surpresa de levar umas caixas oficiais da Caixa Mágica 11 para casa... seus sortudos....

Pela negativa só duas coisas:
- Eu sei que se pensa que os geeks só comem junk food.... mas esse tempo já passou... além de  terem dados umas saladitas e umas peças de fruta e que tal um bocadinho de comida a sério?.... uns salgadinhos e uns almoços e jantares com comida um bocadinho mais a sério teria sido agradável... mas verdade seja dita do que havia houve muito (ai tanto chocolate que eu comi....)
- O wireless talvez funcionasse bem se fossem 10 pessoas a aceder.. mas com 400 foi complicado... a ligação era lenta e estava sempre a cair....

Concluindo... parabéns ao Sapo e pró ano venha mais....

PS: E parece que a Susana apareceu na televisão e tudo....  ;-)

publicado por DarkLord às 11:59editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 11:15

Equipas CM no Sapo Codebits

13.11.07
Cá estão:

1a equipa:
Flávio Moringa
Mário Morgado
Nuno Alexandre
Sérgio Azevedo
Tiago Costa

2a equipa:
Susana Nunes
João Abecasis
Pedro Martins
Rui Sousa
Vicente Canhoto

3a equipa:
Rui Fernandes
Paulo Trezentos
Nuno Ricardo
Mário Paulino
Pedro Ferreira

O ponto de encontro é as 17:30 de dia 13 no coffee-break. Neste coffee break a ideia é as equipas conhecerem-se e começarem a organizar-se.
publicado por Tintim às 10:54

Ainda a situação da Mandriva na Nigéria

12.11.07

Depois de todas as noticias sobre o assunto e a carta do CEO da Mandriva sobre isso, encontrei um artigo que basicamente sumariza a minha opinião sobre tudo isto:

Se a Microsoft acha que o windows é um produto tão superior ao Linux, porque é que precisam de jogar sujo para verem o windows ser usado... parece que nem eles próprios acreditam no seu FUD....

Leiam este artigo e digam, de vossa justiça:

http://www.linuxtoday.com/infrastructure/2007110903026OPMDMS

Eu não posso deixar de concordar.....

publicado por DarkLord às 11:33editado por Fábio Teixeira em 12/10/2010 às 11:16

Android Apps

apps
Aptoide Repository QR Code
apps QR Code

pesquisar

 

comentários recentes

  • Boa noite, o Caixa Mágica 20 funciona nos process...
  • Boa tarde.Quando fazemos o registo aquando do down...
  • Á partida não, quem quiser pode instalar facilment...
  • Adorei o novo Linux Caixa Mágica está muito difere...
  • Que bacana seu blog! Gostei bastante!Se quiser dic...
  • Instalei, mas a entrada e partições dos discos, nã...
  • O software do cartão do cidadão está disponível na...
  • Foi uma apresentação bastante interessante.
  • bom dia thanx. isto é muit excelente.. aquela pub...
  • Parabéns pelo excelente trabalho que têm desenvolv...

subscrever feeds